Escola de Folclore de Santa Marta de Portuzelo

A Escola de Folclore de Santa Marta de Portuzelo tem um importante papel na manutenção das ricas tradições etnográficas desta freguesia, cativando crianças e jovens para a sua preservação.

Voltar

escola de folclore de santa marta de portuzelo
Rua de Santa Marta-Edificio Casa do Povo
4925-046 SANTA MARTA DE PORTUZELO
VIANA DO CASTELO
Registo RNAJ-16.09.0091
Registo CCD INATEL-4671
Contribuinte nº 506483711
Tel: 258 830 232 | Fax: 258 830 608
Tlm: 962 640 274 | 965 535 430
email: geral@albanomartins.pt

Historial

Santa Marta de Portuzelo, é conhecida tanto nacional como internacionalmente pelos seus trajes muito coloridos, pelas suas cantigas muito próprias e pelas suas danças muito características, enfim pelo seu Folclore.
Corre nas veias das suas gentes o gosto e o cultivo desta tradição que herdamos dos nossos avós e bisavós e devemos preservar e deixar como herança para as gerações futuras!.
A Escola de Folclore de Santa Marta de Portuzelo, fundada oficialmente em 20 de Maio de 2001, tem como seu principal objectivo preservar e estender o conhecimento da cultura popular da Capital do Folclore Alto-Minhoto por Portugal inteiro, mas também a nível mundial. Desde a sua Fundação já percorreu o País de lés a lés, mas também já representou condignamente o Folclore Lusitano em várias cidades de Espanha, tais como Vigo,Ponte Vedra, Santiago de Compostela, Barcelona, Madrid, Burgos, Handaia, Paris na França, Kiel e Hamburgo na Alemanha , na Republica da China , Taiwan, na Belgica, Polónia, na Malásia, Suiça, etc
Na Escola de Folclore as crianças aprendem a dançar os viras e as chulas, a cantar as mais lindas cantigas da região e a tocar os instrumentos tão típicos legados pelos seus avós.
Hoje as cercas de 100 crianças e jovens que formam esta Escola de Folclore, certamente não deixarão morrer a cultura etno-folclórica, e cabe-lhes a responsabilidade de, quando crescerem, transmitirem aos seus filhos o que de tão belo aprenderam da nossa cultura popular.
Vários pedidos de apresentações públicas foram satisfeitos e concretizados, mais na perspectiva de mostrar aquilo que aprenderam e de representar em público as tradições da sua Terra.
Foram adquiridos trajes para a maioria dos elementos, pois alguns deles possuem os seus trajes próprios.
Foram também adquiridos instrumentos musicais, tais como concertinas, acordeões, violas, cavaquinhos e ferrinhos.
Estas aquisições foram fundamentais pois permitiram aos elementos o conhecimento integral dos trajes da sua terra, bem como aos elementos mais vocacionados e com ouvido para a música a aprendizagem das melodias musicais.
A Direcção desta Escola acha que todos os objectivos pré-estabelecidos têm sido cumpridos, muitos deles mesmo ultrapassado todas as expectativas, mas vai continuar a trabalhar para que o espírito inicialmente idealizado por esta direcção se mantenha.
Já estão traçados para o futuro iniciativas muito objectivas, sempre com a preocupação de manter vivo as tradições de Santa Marta de Portuzelo principalmente nas camadas mais jovens, pois acha que o tabu que existia de que o Folclore não é para gente jovem na realidade foi quebrado e vê cada vez mais juventude com um entusiasmo cada vez mais crescente.
A Escola de Folclore, uma das Instituições de Utilidade Pública existente em Santa Marta e pioneira a nível Nacional na sua qualidade de Instituição de Juventude para a divulgação da Cultura Popular, vai manter sempre viva uma cultura que é muito sua e que a todos pertence mostrando por outras paragens o de quanto belo e rico possui.

Freguesia de Santa Marta de Portuzelo